espaço — pequeno

A idéia do Espaço Pequeno surgiu um dia em que estávamos na sala a falar das possibilidades de criação que esse espaço sugeria. A sala de uma casa-residência artística (Seu Vicente Residências Artísticas): não grande suficiente para aulas e ensaios, mas tampouco pequena suficiente para que nada possa acontecer. Assim, em um exercício de criação, abrimos a possibilidade da existência do “Espaço Pequeno” enquanto um lugar onde a integração de propostas convidadas ou não pudesse acontecer como forma de exploração desse lugar-sala.

Espaço Pequeno de no máximo 7 metros de profundidade, 3 metros de largura;

Espaço Pequeno entre a cozinha e os quartos;

Espaço Pequeno com uma parede-coluna no meio;

Espaço Pequeno com chão de madeira;

Espaço Pequeno que é mais quente no inverno;

Espaço Pequeno que junta pouca ou muita gente;

Espaço Pequeno em que se ouve música;

Espaço Pequeno em que se faz filosofia;

Espaço pequeno onde se dança;

Espaço Pequeno de escrita;

Espaço Pequeno, pequeno, grande, grande….

Propomos colaboração desde uma vontade de estender redes de linguagens, de pessoas,  de maneiras de dizer e de criar, como devires do reconhecer-se nos outros, dos afetos que embatem e nos mobilizam neste convite de expor idéias, movimentos, escritos, palavras entre outras que viram por perguntas, olhares, danças ou poemas.

O espaço está aberto a propostas de todos os tipos. Sempre.

Para quem quiser: coletivoqualquer@yahoo.com.br

Anúncios

Sobre seuvicenteresidencias

O coletivo qualquer é formado por Luciana Chieregati(BR) e Ibon Salvador(País Basco). Tem como foco de investigação a dança e como a prática e a teoria caminham na mesma direção, entendendo as diferenciações como possibilidades de novos entendimentos a partir da criação de redes e hibridações. Seu Vicente Residências Artísticas é sua casa, onde são os residentes permanentes e porteiros. Fazem parte da equipa do c-e-m(centro em movimento) que com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, tem como horizonte fazer desse espaço, um lugar de convivências, encontros e compartilhamento de idéias acerca da contemporaneidade, recebendo ali artistas, filósofos, jardineiros, empregados de mesa e quem tiver vontade de pensar relações e estares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s