pedras d´água 2012

Durante o mês de Junho, a Galeria Boavista será ocupada pelos jardineiros do c-e-m, com a preparação da “documentação: pessoas e lugares”. A mostra dessa documentação ao público está prevista para os dias 5, 6 e 7 de Julho, datas em que os acontecimentos do Pedras 2012 estarão todos em comunicação.

Também em Junho acontecem os “micro-bailes”. Os microbailes trazem a dança e a música ao quotidiano abrindo a festa na rua a quem quiser ajuntar-se. Este ano propomo-nos bailar desde os altos e baixos da Mouraria, passando pelo rio Tejo ou Cais do Sodré até à rua que tem 5 nomes, também chamada de Boavista. (programaçao abaixo)

Também todas as sextas feiras continuamos com as “Rotas”, estar, andar comer, falar, dançar pelas ruas de Lisboa.

Para acompanhar mais de perto os acontecimentos do Pedras d`Água 2012 aceda ao blog: www.pedras2012.wordpress.com

 

MICRO BAILE I Dia   1 de Junho – 19:30 às 21:00

Largo   da Rosa – Rua Marquês de Ponte de Lima – Calçada dos Cavaleiros – Beco dos 3   Engenhos – Largo da Guia – Largo da Severa – Rua da Mouraria (frente ao   Centro Comercial)

MICRO BAILE II Dia   8 de Junho – 19:30 às 21:00

Praça   Martim Moniz – Praça da Figueira – Rua da Madalena – Rua da Conceição – Rua   Augusta – Praça do Comércio (arco – arcadas)

MICRO BAILE III Dia   15 de Junho – 18:00 às 19:30

Praça   do Município (junto à Rua do Arsenal) – Rua do Arsenal – Travessa do Cotovelo   – Largo Cais do Sodré

MICRO BAILE IV Dia   22 de Junho – 19:30 às 21:00

Cais   do Sodré – junto dos bancos com oliveiras – Estação Fluvial – travessia   Lisboa /Cacilhas – Cacilhas /Lisboa

MICRO BAILE V Dia   29 de Junho – 19:00 às 20:30

Travessa   do Cotovelo – Largo de São Paulo – Rua da Boavista – Escadinhas da Bica   Grande – Seu Vicente (Rua da Boavista n.º46)

MICRO BAILE VI   – BAILÃO Dia   7 de Julho – das 20:30 às 22h

Largo   de São Paulo

Anúncios

Sobre seuvicenteresidencias

O coletivo qualquer é formado por Luciana Chieregati(BR) e Ibon Salvador(País Basco). Tem como foco de investigação a dança e como a prática e a teoria caminham na mesma direção, entendendo as diferenciações como possibilidades de novos entendimentos a partir da criação de redes e hibridações. Seu Vicente Residências Artísticas é sua casa, onde são os residentes permanentes e porteiros. Fazem parte da equipa do c-e-m(centro em movimento) que com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, tem como horizonte fazer desse espaço, um lugar de convivências, encontros e compartilhamento de idéias acerca da contemporaneidade, recebendo ali artistas, filósofos, jardineiros, empregados de mesa e quem tiver vontade de pensar relações e estares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s