Carolina Esposito

Na primeira semana de Março de 2012, estará em residência no seu vicente a criadora-intérprete Carolina Esposito. No dia 10 de Março das 15:30h às 17:00h, a bailarina ministrará um laboratório que trabalhará a partir dos materiais de seu processo.

Sinopsis de la creación en proceso

Un trabajo que busca auto-organizarse desde el silencio, la suspensión y los micro-movimientos. Sin meta, sin objetivo, sin fin.

Ficha técnica

Título: s/f sin fin

Interpretación: Carolina Espósito

Diseño del espacio y vestuario: Mariela Solari

Colaboración artística: Mariela Nussembaum

Dirección: Carolina Espósito

Laboratório: Prática e Análise

Prática e análise de sequências de movimento pautado e improvisado.Transferência de enunciados que incluam acções simples como conduzir/inibir/permitir impulsos, criar uma intenção e sustentar/soltar una acção.

Bio | Carolina Espósito (Argentina) | 1983Formada en danza desde los 5 años.Egresada de la Nueva Escuela de Danza Contemporánea Arte XXI de Buenos Aires.Bailarina en Ballet Joven Arte XXI, Ballet de Bolsillo (2004-06), Cía El Escote (2005) y Cía Projecto Cuvilas (2007) donde trabajó con los coreógrafos Oscar Araiz, Roxana Grinstein, Susana Szperling (Argentina) y Augusto Cuvilas (Mozambique) entre otros. Bailando en Ciclo Contemporánea x 6, Alianza Francesa BA, importantes teatros de Argentina y en KINANI -Plataforma Internacional de danza contemporánea de Maputo-.

Creó las obras Entretiempo, tres relatos en una forma vacía (2010) e Imaginese aca dentro (2011). Con el apoyo de Fondo Nacional de las Artes y Fondo Metropolitano de la Cultura, las Artes y las Ciencias CABA.

Actualmente ensaya su próxima obra, a estrenarse en mayo.

Se dedica a la docencia desde 2006. Dio clases de danza en Buenos Aires y en Sucre.

Anúncios

Sobre seuvicenteresidencias

O coletivo qualquer é formado por Luciana Chieregati(BR) e Ibon Salvador(País Basco). Tem como foco de investigação a dança e como a prática e a teoria caminham na mesma direção, entendendo as diferenciações como possibilidades de novos entendimentos a partir da criação de redes e hibridações. Seu Vicente Residências Artísticas é sua casa, onde são os residentes permanentes e porteiros. Fazem parte da equipa do c-e-m(centro em movimento) que com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, tem como horizonte fazer desse espaço, um lugar de convivências, encontros e compartilhamento de idéias acerca da contemporaneidade, recebendo ali artistas, filósofos, jardineiros, empregados de mesa e quem tiver vontade de pensar relações e estares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s